31ª Festa de Outono Akimatsuri atinge expectativas

Foto: Anderson Prado

Para presidente do Bunkyo de Mogi das Cruzes, Frank Tuda, resultado foi “excelente”

A 31ª Festa de Outono Akimatsuri, do Bunkyo de Mogi das Cruzes, atingiu as expectativas de público projetadas. O festival japonês, considerado o segundo maior do Estado, recebeu 85 mil pessoas nos últimos dois finais de semana, aos sábados e domingos, nos dias 9, 10, 16 e 17 de abril, no Centro Esportivo do Bunkyo, no bairro Porteira Preta, em Mogi. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (18/4) pela Comissão Organizadora.

O presidente do Bunkyo de Mogi, Frank Tuda, falou sobre a quantidade de visitações. “Pela crise financeira nacional que estamos passando, foi excelente. Inclusive, o segundo final de semana superou as expectativas”, disse, relembrando o quão o Centro Esportivo estava repleto de pessoas. Tuda também aproveitou a oportunidade para agradecer as pessoas envolvidas. “Acho que o Akimatsuri é, hoje, um dos eventos mais importantes da comunidade nikkei; foi feito com muito sacrifício, mas o resultado final compensou. Por isso, quero agradecer as associações de bairro que nos ajudaram muito, os voluntários que vieram, todos os coordenadores e patrocinadores”, destacou.

A Festa do Outono “Akimatsuri” 2016 contou com mais de 60 atrações, incluindo apresentações musicais, de dança, de artes marciais, de moda e beleza, inclusive por meio do 8º Miss Akimatsuri e do 12º concurso Miss e Mister Akimatsuri Junior. Também foi realizada a tradicional cerimônia do Toroo Nagashi, a única promovida fora do Japão.

Pessoas que apreciam a cultura japonesa e que quiseram passear em um local tranquilo e seguro com a família encontraram no Akimatsuri o lugar ideal. Além de exposição de produtos hortifrutigranjeiros da região do Alto Tietê, houve espaço para compra de verduras, legumes e outros alimentos a preços mais baratos. Dezenas de bazaristas e outros expositores também marcaram presença no Centro de Negócios.

Ponto alto da festa, a Praça de Alimentação do festival contou com food truck para os interessados em alimentos típicos de hamburgueria e, claro, boxes destinados à culinária tipicamente oriental, com pratos tradicionais, como yakissoba, udon, tempurá salgado e de sorvete, gyoza, harumaki, takoyaki, oniguiri, yakitori, e outras iguarias, como doces, pastel, churrasco e espetinhos de carne, frango e linguiça. A Vila Cultural também esteve repleta de atrações, como a tradicional cerimônia do chá. (Com informações da Linha Fina Assessoria de Comunicação)


Comentários no Facebook