Câmara de Poá aprova criação de dois cargos efetivos de Procurador Jurídico

Durante a sessão desta terça-feira (11 de agosto), foram aprovados, ao todo, sete itens

Na noite desta terça-feira (11 de agosto), a Câmara de Vereadores de Poá aprovou a criação de dois cargos efetivos de Procurador Jurídico no município. Retirado após pedido de vistas do vereador Ricardo Massa (PP), na semana passada, a proposta foi aprovada com dois votos contrários, além de Massa, também da petebista Laudijane Ferreira Lima Cavalcante também não aprovou a matéria.

 

Ao todo, sete itens durante a sessão ordinária realizada no plenário “Osvaldo leite Dantas”. Conduzida pelo presidente Mário Massayoshi Kawashima, a sessão contou a deliberação de seis proposituras em segunda votação e um primeiro turno.

 

Das votações que passaram pela segunda votação no parlamento poaense, figura o projeto de lei de autoria do vereador Gian Lopes que cria a Farmácia 24 horas.

 

Também passou pelo crivo dos vereadores em segundo turno, o projeto que dispõe sobre a denominação de prédio público o Núcleo de Artes Marciais Marcos Ferreira, Localizado na Alameda Pedro Calil, 99, centro, de Welson Lopes (PROS) e Gian Lopes.

 

Em seguida, foi aprovada a autorização para a implantação do projeto “Brincar é Urgente”, de descentralização de ações culturais, esportivas e de lazer para atendimento dos bairros da vereadora Jeruza Lisboa Pacheco Reis passou pelo crivo dos vereadores.

 

O projeto de lei que obriga a concessionária de energia elétrica a colocar na fatura mensal de consumo de energia, o desenho da bandeira tarifária, com a respectiva cor de consumo, seguindo o Sistema de Bandeiras Tarifárias implantado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), do vereador Ricardo Massa (PP), também foi abonado em segunda votação.

 

Inclusões

 

O Legislativo poaense aprovou, ainda, duas matérias acrescentadas para a votação, na ordem do dia. Entre elas, a que declara de utilidade pública municipal a Associação Esportiva Educacional Mini Brasil e a moção de aplauso ao comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana-12 (CPAM 12), responsável pela Polícia Militar do Alto Tietê, Coronel Mauro Lopes dos Santos, como também ao chefe da divisão administrativa do Comando, Major Flávio Tadeu Batista, apresentada pelo vereador Ricardo Massa.


Comentários no Facebook