Câmara de Poá aprova doação de material reciclável do Legislativo à Cruma

O Legislativo poaense aprovou na manhã desta sexta-feira (12 de fevereiro), um projeto de resolução que permite a doação de todo o material reciclável provenientes da Casa de Leis para a Cooperativa de Reciclagem Unidos pelo Meio Ambiente (Cruma). O projeto de Lei é do vereador Lázaro Borges (PROS), vice-presidente da Câmara, subscrito pelo presidente Mário Massayoshi Kawashima (PSD), o Mário Sumirê. O item foi incluído para votação na pauta da Ordem do Dia.
 
A medida foi motivada após o incidente que ocorreu no início do ano em que um incêndio destruiu a sede e prejudicou os trabalhos da entidade.
 
De acordo com o projeto, a beneficiada fica responsável de retirar os produtos enquadrados como recicláveis todas as sextas-feiras entre 16 e 18 horas.
 
“Irei solicitar para que seja reservado um espaço no estacionamento da Câmara para facilitar a retirada do material semanalmente. Os servidores do Legislativo também serão orientados a contribuir para a medida, sobretudo, na separação dos materiais”, explicou Lázaro Borges.
Segunda votação
 
Três itens passaram pelo crivo dos vereadores em segunda votação: o que dispõe sobre a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a imóveis que especifica, notadamente, aos locados ou cedidos ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o exercício de suas finalidades ou atividades decorrentes, de autoria do Executivo; o projeto de lei que dispõe sobre a possibilidade de agendamento telefônico de consultas médicas para pacientes idosos ou com necessidades especiais, previamente cadastrados nas unidades básicas de saúde do município, de autoria do vereador José Carlos Costa (PDT), o Zé Carlos da Maçã do Amor e um projeto de lei idealizado pela vereadora Jeruza Lisboa Pacheco Reis, que trata sobre a autorização para o Poder Executivo Municipal regulamentar a utilização dos depósitos judiciais de origem tributária e instituir o Fundo de Reserva dos Depósitos Judiciais no âmbito do município de Poá, conforme Lei Complementar nº151/2015.
Ordem do Dia
 
Dos cinco vetos apreciados, apenas um foi mantido, sobre o projeto que cria a disciplina de ensino religioso nas escolas municipais de Poá.
Retirados
 
Ao todo, quatro vetos foram retirados a pedido dos autores. Entre eles, o que obriga a realização de inscrição na rede de ensino por todo o período letivo, de Ricardo Massa (PP); o que institui a semana do Radioamadorismo, de Luiz Eduardo Oliveira Alves (PPS), o Edinho do Kemel; o que autoriza a outorga de concessão de uso de terreno de propriedade do município, de José Carlos Costa (PDT), o Zé Carlos da Maçã do Amor e, por fim, o que cria o Passe Livre do Trabalhador Desempregado, de Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos da Indaiá. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Poá)

Comentários no Facebook