Candidato à presidência da Câmara, Armando Neto faz balanço positivo de 2018

Foto: Marcos Araújo/Cape Press Comunicação

“Matando um leão por dia”. É assim que o vereador Armando Neto (Patriota) define seu segundo ano ocupando uma das cadeiras da Câmara de Vereadores de Itaquaquecetuba. O único parlamentar de oposição ao prefeito Mamoru Nakashima destaca que apesar das dificuldades impostas pelo seu posicionamento, tem obtido resultados positivos quanto às demandas da população.

Cada vez mais empenhado na luta por mais transparência da Prefeitura, por informações que permitam prever problemas e obter resultados positivos e planejamento, Armando Neto segue se destacando entre os 19 vereadores da cidade como o mais aguerrido nas lutas pelos interesses da população de Itaquá.
“É, literalmente, um leão por dia. Mas, é um trabalho que me dá orgulho: tentar encontrar soluções para melhorar a nossa cidade, saber os anseios da nossa população e cobrar melhorias nos mais diversos bairros. Tenho aprendido muito ao longo do meu mandato e creio que há muito a evoluir. Espero crescer com a cidade”, declara.
Durante todo o ano, Neto integrou o que pode ser batizado como oposição de um só homem. Requerimentos e outros projetos cobrando explicações sobre transporte, segurança, saúde e educação foram atropelados pela tropa de choque do prefeito Mamoru Nakashima; formada por 17 dos 19 vereadores.
Apesar da máquina da Prefeitura, Neto classifica como positivo seu empenho e participação nas importantes lutas travadas pela população e pelos funcionários públicos de Itaquaquecetuba.
“Sei das dificuldades, porém compreendo o lado em que estou: o lado da população de Itaquaquecetuba. Por isso, sempre estive presente no que me foi proposto; como no caso do HTPC e HTPL dos professores; na greve dos funcionários públicos; na cobrança por uma solução nos planos de saúde dos servidores e nos mais simples pedidos, como tapar um buraco em uma rua, trocar uma lâmpada, etc”, recorda.

Desafios
Ainda em 2018, Neto tem um grande desafio pela frente: a eleição da presidência da Câmara. Na semana passada, o vereador apresentou sua candidatura à chefia da Casa de Leis.
“Além da repercussão positiva fora da Câmara, ganhei o apoio do meu companheiro de batalha, o vereador Santiago [Carlos Alberto Santiago (PSD)], e estou muito otimista. Sei das dificuldades, mas preciso levar aos meus colegas de Câmara o recado do povo que quer um Legislativo mais independente”, afirma.
Para 2019, Neto pretende ainda mobilizar ações jurídicas para reforçar a transparência da Prefeitura, lutar para que a licitação do transporte coletivo atenda os anseios da população e acionar o Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) em busca de informações sobre os reais motivos de tantas obras paradas na cidade e cobrar a conclusão delas.

Comentários no Facebook