Crianças do Jardim Nova Itaquá ajudam na revitalização de praça

Área ganhou playgroud e demais brinquedos para lazer e convivência dos moradores

As crianças do Jardim Nova Itaquá, que vivem nas proximidades do Hospital Santa Marcelia, tiveram um dia diferente neste sábado (21/11) e participaram da revitalização da Praça Sumiyoshi Nakaharada. O espaço recebeu playground e brinquedos, pintura nos bancos, capinação, plantio de mudas de flores e plantas.

Os serviços de melhorias foram coordenados pelo Instituto Socioambiental Abaré, e subsidiados pela Itaquareia, que fica em frente à praça, e é uma das empresas mantenedoras do instituto, que presta serviços comunitários sem fins lucrativos há mais de cinco anos.

O pedido da revitalização da praça surgiu dos próprios moradores da região, que já participam das ações sociais realizadas na sede do Abaré, que funciona no próprio bairro. Por esta razão, todos foram ajudar nos serviços de melhorias da praça, inclusive as próprias crianças que serão as principais beneficiadas com a ação, como a pequena Lais Cristina Andrade, de 8 anos, que pintou os bancos da praça com muito entusiasmo. “Estamos gostando de tudo. Agora teremos um lugar mais bonito para brincarmos”, frisou.

A moradora Franciele Martins Suassui, de 16 anos, já fazia planos para o seu bebê, de um ano e três meses. “É aqui que vou trazê-lo para brincar. O espaço está muito bom e todos nós gostamos bastante porque vai evitar com que as crianças fiquem brincando na rua, que é perigoso”, avaliou a jovem.

Segunda a bióloga e educadora ambiental do Instituto Abaré, Flávia Casali Rossi, em pesquisas realizadas com os moradores que participam do projeto “Eco Agentes de Olho no Meio Ambiente” foi identificada a necessidade de melhorar o aspecto da praça para lazer e conveniência do bairro. “Realizamos um trabalho de percepção ambiental com as crianças e os jovens para identificar as áreas de atuação local. Além da melhora no aspecto da praça, trabalhamos a conscientização ambiental urbana com os temas: desperdício de água, animais abandonados, separação de resíduos e outros”, explica a bióloga. Também foi realizada uma ação de conscientização ambiental para que os moradores do entorno mantenham o espaço sempre  limpo e conservado para as atividades.

Sobre o Instituto Abaré Socioambiental

O Instituto Abaré Socioambiental foi fundado em 2010 pelas empresas Areia Nova, Comercial Ibiaçu, Extração Cachoeira, Itacomix, Itaquareia, Mineradora Pedrix, Pedrix Pavimentação, Realmix, Sargon, Sargon Asfaltos e Ultramassa. Essas empresas se uniram para criar um Instituto responsável por consolidar as ações de responsabilidade socioambiental já desenvolvidas de maneira independente  e melhorar as condições de vida da população que vive em seus entornos.

Mais informações sobre o Instituto Socioambiental Abaré pelo telefone (11) 4647-7372, de segunda à sexta, em horário comercial. O site é www.abare.org.br (Com informações da Assessoria de Imprensa Linha Fina)


Comentários no Facebook