Empresário Fumio Horii lançou livro sobre os 80 anos como imigrante no Brasil

Evento aconteceu na sede social do Bunkyo de Mogi das Cruzes

Muitos amigos, familiares e autoridades públicas estiveram presentes no coquetel de lançamento e noite de autógrafos do livro “Rei do Caulim – Fumio Horii” nesta quinta-feira, dia 13 de dezembro. A obra conta a trajetória do empresário, que chegou ao Brasil aos 3 anos de idade, foi agricultor em Mogi das Cruzes, depois se dedicou à extração de caulim (mineração) e também à hotelaria com a construção do Paradise hotel e do campo de golfe, em Jundiapeba.

Durante o evento, Fumio lembrou da trajetória profissional. “Quando começo alguma coisa me dedico totalmente, não sou de desistir. Os meus projetos eu idealizo na cabeça e, antes de terminar, já sei como será a obra acabada. Agradeço aos meus pais e antepassados, que me trouxeram ao Brasil para que eu pudesse trilhar este caminho”, afirmou o empresário.

Fumio tem uma atuação importante na Associação Cultural Nipo-Brasileira (Bunkyo) de Mogi das Cruzes. “Além de um grande empresário, é um amigo e conselheiro, que tem nos ajudado na missão de disseminar a cultura japonesa. Ele não gosta muito de divulgar, mas foi com a ajuda dele que construímos o Centro Esportivo do Bunkyo, onde é realizado o Akimatsuri”, destacou Frank Tuda, presidente da entidade.

O vice-prefeito de Mogi das Cruzes, Juliano Abe, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, e o presidente da Câmara de Mogi das Cruzes, Pedro Komura, além de outros parlamentares, também prestigiaram o lançamento do livro.


Comentários no Facebook