Entrevista Exclusiva com o advogado Euclides Teodoro de Oliveira Neto

Euclides afirma: "Queremos uma OAB forte e atuante!"

Marcello Barbosa

Na manhã desta terça-feira o Portal Região em Contexto realizou uma entrevista com o advogado Euclides Teodoro de Oliveira Neto, candidato à Presidente da OAB de Itaquaquecetuba pela Chapa 03 “Prerrogativas em Ação”.

Região em Contexto: Quais as razões que o motivaram a se candidatar a presidente da OAB?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Estamos vivendo um momento de grave crise generalizada e instituições como a OAB vive esse drama. O Ordem precisa se moralizar e se impor na sociedade, os advogados estão sendo interpelados em seu próprio trabalho. Ninguém Faz nada, inclusive, em âmbito Estadual e Federal. Foi-se o tempo que tínhamos como orgulho a OAB, hoje ela não representa nada. Precisamos reverter isso e torna-la séria e eficaz novamente. Precisamos adquirir o respeito ao advogado.

Região em Contexto: Como foi formada a sua chapa?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: A minha chapa é formada por colegas que estudaram comigo e vem enfrentando essa luta desde quando iniciamos a nossa carreira, os que não estudaram é porque ha anos juntaram-se a nós engajados nessa luta em prol da nossa profissão. São pessoas que conhecem das agruras e dos anseios da profissão e participa ativamente dos compromissos com a advocacia.

Região em Contexto: Uma pauta dos advogados é a defesa das prerrogativas da função. Em sua opinião elas são violadas e precisam de uma maior defesa?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Sim, no ano passado por exemplo, a Comarca passou por um considerável período sem dois Juízes nas Varas Cíveis, nada foi feito e nenhuma ação promovida na OAB. O resultado disso foram os acúmulos por conta desse fato. Os processos físicos e eletrônicos passam meses na fila aguardando uma simples juntada e outros meses para ir às mãos dos Juízes, virou o caos. Isso era função da prerrogativa, em especial, uma atuação junto a Corregedoria do TJ/SP visando sanar essa questão. Isso prejudicou seriamente a população e ao advogado.

Região em Contexto: Sua Chapa destaca a questão das Prerrogativas. Como vocês pretendem fazer valer e defender as prerrogativas dos advogados?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Precisamos empenhar a própria Diretoria na frente da prerrogativa, ter acesso aos Juízes e cobrar agilidade no Judiciário. Ficar atento para que o advogado não seja tolhido em sua função e se isso acontecer agir imediatamente. Temos que ser bem atuantes, para que o Judiciário não aproveite da inercia para deixar de promover as suas respectivas funções. Inclusive, vejo com preocupação Juízes Ministrando aulas e cursos dentro da OAB. Isso traz um certo desconforto à classe de um modo mais especifico e pode ocorrer até a perda da imparcialidade. Ademais a própria OAB e a ESA tem grandes nomes e professores notáveis que possam muito bem desempenhar esse papel.

Região em Contexto: Como é que o senhor enxerga a participação dos jovens advogados, na política da Ordem?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: O advogado é tudo na OAB, inclusive, o jovem. temos que inseri-los nesse contexto administrativo, designar funções a eles para que desde logo tome experiencia e veja como é o funcionamento da Seccional e Subsecção. Assisto que os jovens advogados desempenham um bom papel em Itaquaquecetuba, inclusive, a própria comissão do jovem advogado.

Região em Contexto: Qual principal Proposta de sua Chapa?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: De inicio modernizar a sala e a Casa do Advogado, a geladeira e o ar condicionado sequer funcionam. Precismos trocar os equipamentos de informática, são obsoletos e estão em uso ha muitos anos. Quero fomentar parcerias e convênios com lojas e prestadores de serviços para reduzir os preços aos advogados, criando até mesmo grupo de compras. Atuar diretamente na comissão de prerrogativas para combater os abusos e zelar pela profissão. Valorizar os trabalhos da ESA e aprimorar os cursos e palestras.

Região em Contexto: Na opinião de sua Chapa qual papel a OAB tem que exercer em nossa sociedade? No cotidiano de nosso município?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Atuação direta e irrestrita. A OAB tem de estar presente em todos os seguimentos da sociedade, auxiliar e fiscalizar os órgãos públicos. Se fazer presente nas associações e outras entidades. Zelar pela melhoria na prestação de serviços públicos e privados à sociedade. A OAB não pode ficar hibernada e alheia a isso. Aliás, isso é um dos motivos que estamos concorrendo, afinal, atuar na sociedade é buscar respeito e primar pela moralização;

Região em Contexto: O que tem que mudar na OAB de Itaquaquecetuba?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Tudo. Dar nova roupagem a entidade, conquistar o respeito e lutar pela classe. Temos que ser dinâmicos e criativos e buscar apoio e soluções para a classe. Não esperar as coisas acontecerem. A OAB tem que ser atuante.

Região em Contexto: Qual mensagem você deixa aos leitores e também aos advogados da cidade?
Euclides Teodoro de Oliveira Neto: Que acreditem no nosso grupo, somos coesos e estamos envolvidos numa grande missão. Queremos uma OAB forte e atuante. Queremos nossos nossos colegas de cabeça erguida, combativos e atento aos direitos e prerrogativas. Não queremos uma Ordem achincalhada pelos outros. Vamos conquistar o respeito, a ética e a moralização não só da entidade mas de todo o Município. Obrigado pelo apoio que estamos recebendo dos colegas. E aguardamos todos nas urnas com “Prerrogativas em Ação”.


Comentários no Facebook