Gipsy Chips, os petiscos que farão o seu pet mais feliz e mais saudável

Natural, o produto é feito de forma caseira e não leva conservantes no seu preparo

Uma novidade no mercado está chegando para fazer a alegria do seu pet. São os deliciosos e nutritivos Gipsy Chips, petiscos feitos de carne suína – mais especificamente do fígado de porco, desidratado e preparado de forma totalmente caseira e livre de conservantes.

Da mesma forma que selecionamos aquilo que comemos, para preservar nossa saúde, é importante que este cuidado não seja deixado de lado quando o assunto são os nossos animaizinhos.

Feito especialmente para cães e gatos, os Gipsy Chips são livres de qualquer aditivo, como os corantes e conservantes. Foram dois anos testando o produto, que passou pela avaliação de nutricionistas e veterinários, para que tudo ficasse perfeito antes de ser lançado no mercado pet.

A qualidade sempre foi priorizada em todos os processos de fabricação dos Gipsy Chips. O preparo dos petiscos é extremamente cauteloso, desde o fornecimento da carne suína até o momento em que é embalado.

O fígado chega congelado e cortado em tiras e depois é assado por uma hora em fogão industrial, para que a carne atinja uma temperatura interna de ao menos 71 °C (graus Celsius). Isso faz com que qualquer bactéria interna que possa estar presente seja eliminada. Em seguida, vai para o desumidificador por 27 horas. Nenhum elemento é adicionado durante o processo – nem mesmo sal. É pura proteína, que cães e gatos adoram.

Os petiscos já estão conquistando os corações de diversos cães e gatos e já promete ser um sucesso na hora de agradar os bichinhos. Eles podem ser encontrados para a venda através do site: www.amantesdavida.com.br.

É muito importante lembrar também que os Gipsy Chips não devem exceder 10% da ingestão calórica total de seu animal, pois petisco não é alimento, e sim um agrado, dado em determinadas circunstâncias.

Conheça mais sobre o produto através das nossas redes sociais: www.facebook.com/gipsychips/ @ gipsy_chips (instagram).

*Com informações da D2 Comunicação.


Comentários no Facebook