Guararema tem menor índice de vulnerabilidade social, segundo IPEA

Dados divulgados nesta semana pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), ligado à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, apontam que Guararema tem  menor índice de vulnerabilidade social da região.

Seis das dez cidades do Alto Tietê estão com o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) maior que a média estadual, de 0,29. As que representam as melhores condições são Guararema (0,25) e Biritiba Mirim (0,27).

Os números se referem ao ano de 2010 e foram coletados durante o Censo Demográfico, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados de 2000, do levantamento anterior, também foram disponibilizados para a comparação.

São avaliados três indicadores para mensurar o IVS: a infraestrutura urbana, capital humano e renda e trabalho.

A média é feita com base nesses quesitos entre 0 a 1, em que 0 corresponde á situação ideal, ou desejável, e 1 significa o pior cenário.

A condição de absoluta ausência de vulnerabilidade equivale a 0% de casos indesejados (ou, por exemplo, zero mortos por mil nascidos vivos, no caso da variável taxa de mortalidade de crianças de até 1 ano de idade).

Guararema é a cidade mais bem avaliada do Alto Tietê (apenas 0,25), com base no último censo. Em 2000, o município registrava 0,37.

A Prefeitura de Guararema comemorou o avanço do indicador. Em nota a Assessoria informou: “O aspecto que mais influenciou a redução do índice de vulnerabilidade social em Guararema é o que engloba renda e trabalho. Além disso, nossos equipamentos públicos contribuem para a melhoria do desenvolvimento social, oferecemos serviços e fazemos esforços constantes para avançar nos trabalhos e diminuir as desigualdades sociais”, posicionou-se a Administração Municipal.


Comentários no Facebook