Guarda Civil de Ferraz faz quase 900 atendimentos

FOTO: Jovino de Souza

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Ferraz de Vasconcelos registrou um total de 877 atendimentos durante todo o ano passado.

Desse número foram 775 casos de danos ao patrimônio e desinteligência e 102 casos que resultaram em boletins de ocorrência como furtos, roubos, crimes ambientais, entre outros.

Os dados foram apresentados pelo comandante da GCM, Cléverson Ramos, como uma prestação de contas das ações realizadas pela corporação.

No levantamento, a área central do município aparece com o maior número de casos (142), seguida pela Vila Margarida (65) e Vila Romanópolis (55).

Além destas ocorrências foram registrados 23 flagrantes de furtos e roubos, 63 veículos abandonados em via pública foram localizados, além de 28 veículos apreendidos por perturbação do sossego e despejo de resíduos.

O trabalho da GCM envolve ainda atendimentos em unidades municipais, denúncias de perturbação do sossego (902), rondas preventivas em unidades escolares (3676), rondas preventivas em unidades de saúde (1931) e rondas preventivas em bairros e outros locais de risco (13.714).

“O trabalho da Guarda Municipal foi bastante positivo e intenso. Apesar da redução do efetivo, já que 20 guardas foram remanejados para os bombeiros, o nosso trabalho ficou acima da expectativa”, afirmou o comandante Ramos.

As metas para 2016 já estão traçadas como a redução da criminalidade e a fiscalização e o combate aos crimes ambientais em áreas verdes de Ferraz: “Nossa grande meta para este ano é reduzir as estatísticas”, acrescentou.

No primeiro trimestre do ano passado, o que mais liderou foi o encontro de veículos abandonados. Além das ações de apoio às polícias Civil e Militar, a Guarda Civil Municipal também faz o patrulhamento dos prédios públicos e rondas preventivas em todas as unidades municipais.

Já nos trimestres seguintes abrangendo os meses de abril, maio e junho, respectivamente julho agosto e setembro, além de outubro, novembro e dezembro foram os casos de fiscalização ambiental que predominaram nas estatísticas do ano passado. (Informações da Secom Ferraz)


Comentários no Facebook