IPVA 2017 deve ficar 4,8% mais barato em São Paulo

Contrariando a tendência geral de aumento de custos, os novos valores do IPVA de São Paulo, divulgados nessa terça-feira (290 pela Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo surpreendem: o imposto deve ficar, em média 4,8% mais barato para 2017.

Os valores do IPVA 2017 são indexados de acordo com o valor venal e com o modelo do veículo. A tabela foi publicada no Diário Oficial de São Paulo, e já pode ser consultada. A cobrança do imposto começará a ser feita a partir do dia 9 de janeiro.

De acordo com dados da tabela divulgada, o maior imposto pago no estado é da Lamborghini Avent Road 2015, totalizando 126.105,16, e o menor valor do imposto é da moto Hero Punch 65 1997, com valor estabelecido em R$ 9,50.

O cálculo do valor do IPVA 2017 através da tabela é bastante simples: os veículos estão segmentados de acordo com o fabricante. Após encontrar o fabricante do seu veículo, basta localizar o modelo e o ano de fabricação, para localizar o valor venal do veículo. Em seguida, basta multiplicar o valor do seu veículo pela alíquota do imposto, como no exemplo a seguir:

Valor venal do veículo (exemplo): R$ 10.000,00
Alíquota do IPVA: 4%
Como calcular: 10.000,00 x 0,04 (R$ 400,00 – valor do IPVA desse veículo)

As alíquotas do Imposto continuam as mesmas dos anos anteriores:
Caminhões – 1,5%
Ônibus, motocicletas, motonetas e quadriciclos – 2%
Veículos movidos a álcool, eletricidade, gás ou híbridos – 3%
Veículos movidos a gasolina e biocombustíveis utilitários, como carros e pickups – 4%

Como os valores do IPVA de São Paulo são estabelecidos de acordo com o valor de venda dos veículos. O recuo do setor automotivo, que empurrou as vendas para baixo nos últimos 12 meses, também forçou a redução dos valores venais de veículos, o que impactou na redução real do valor do imposto automotivo para 2017. Dessa forma, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) apurou que as reduções médias do imposto foram de 7,9% para caminhões usados, 5,3% para automóveis, ônibus e micro-ônibus, e de 2,9% para motocicletas, em relação ao ano anterior.

As datas e descontos para o pagamento do imposto também já foram divulgados: o contribuinte conta com 3 opções de pagamento do seu imposto: em cota única, com desconto de 3% para pagamento em janeiro, em cota única sem desconto para pagamento em fevereiro, ou em 3 parcelas, para os meses de janeiro, fevereiro e março.

O pagamento do imposto pode ser feito em qualquer agência bancária credenciada – basta ir à agência com o número do seu Renavam em mãos e efetuar o recolhimento. O pagamento pode ser feito no guichê caixa, nos terminais de autoatendimento, ou ainda pela internet, via internet banking.

Fonte: calendarioconsulta.com


Comentários no Facebook