Mogiano busca patrocínio para realizar sonho de jogar torneio internacional de tênis

Foto: Cape Press Comunicação

Valor estimado para a viagem internacional do tenista Wellington Oliveira gira em torno de R$ 12 mil

O tenista mogiano Wellington Oliveira busca patrocínios para realizar o sonho de disputar três torneios da série future na Tunísia, que acontecerão entre os dias 16 e 30 de maio. A viagem já está programada para o dia 11 do mesmo mês. O objetivo do atleta da equipe Pertti Tennis de Mogi das Cruzes é somar os seus primeiros pontos para o ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

O valor estimado para a viagem internacional gira em torno de R$ 12 mil. Wellington reforça a necessidade de um patrocinador para custear as despesas com passagens aéreas, hospedagem, alimentação e taxas de inscrição. “Para viajar preciso de uma pessoa que me patrocine, alguém que possa me ajudar com os custos da viagem, inscrição, hospedagem e alimentação”, enfatiza.

Para levantar recursos financeiros, o tenista mogiano já tem adotado algumas alternativas. Uma delas foi a venda de rifa com uma camisa autografada pelo tenista profissional João Souza, o Feijão, que já figurou entre os 50 melhores do mundo. “Já fiz rifa com uma camisa autografada do Feijão e ainda comprei alguns equipamentos para rifar e levantar o montante. Conversei com vereadores e fiz uma publicação no Facebook, porém ainda não obtive o dinheiro necessário”, explica.

Os três torneios na Tunísia acontecerão na cidade de Hammammet. Todos são de nível profissional, somam pontos para o ranking da ATP e devem reunir cerca de 70 tenistas em cada um. As disputas terão premiação em dinheiro. O atleta da Pertti Tennis de Mogi das Cruzes precisa ganhar dois jogos no qualificatório para conquistar uma vaga na chave principal de cada torneio. “Vai ter um alto nível de competitividade, mas confio que tenho capacidade de chegar e fazer o meu jogo e, assim, conquistar vitórias. Esse é o pontapé que preciso para pontuar, ganhar mais experiência, melhorar meu jogo e conseguir ir mais longe na carreira”, explica. Ele ainda frisa que precisa de apoio, uma vez que haverá a soma nos pontos do ranking da ATP

O tenista mogiano ainda ressaltou o amor pelo esporte que iniciou aos 17 anos, quando começou a trabalhar pegando bolinhas nas aulas do Clube Kosmos de Mogi das Cruzes para ajudar a mãe. Esta perseverança em ajudar a família e o amor pelo tênis o aproximou do treinador Pertti Versantera. De idas e vindas, Wellington passou a integrar o quadro de funcionários da equipe Pertti Tennis.

Trajetória

Em 2015, o tenista terminou o ano como o líder da classe 2 do ranking da Federação Paulista de Tênis (FPT), tendo em vista a conquista de seis torneios seguidos e, inclusive, chegando até a semifinal do Máster (torneio que reúne os melhores do ano).

Para o treinador Pertti Versantera, que também deve viajar à Tunísia, Wellington tem chances expressivas no torneio internacional. “Ele é talentoso e sempre mostrou interesse em crescer. Agora o que ele precisa é de apoio para que possa crescer na carreira. Pelo fato dele ser focado pode surpreender disputando entre grandes jogadores” ressaltou o treinador.

Patrocínios

O tenista Wellington Oliveira já conseguiu o apoio de alguns patrocinadores, sendo eles Dewa, AEsporte, Exacto e Multiloca Mogi das Cruzes. No entanto, ainda não é o suficiente. O interessado em ajudá-lo a realizar o sonho pode entrar em contato pelos telefones (11) 4792-2413 / (11) 97576-1973 ou pelo email perttitennis@hotmail.com. (Com informações da Cape Press Comunicação)


Comentários no Facebook