Mulher é assassinada na frente da filha em Poá. Delegado Eduardo Boigues investiga o caso

Reprodução Band

Márcia Souza Izidoro, de 28 anos, foi assassinada a tiros na manhã desta terça-feira (14/02), na rua Jorge Tomé, no Jardim São José, em Poá, quando passava de carro pelo local na companhia dos pais e da filha, de apenas um ano. O pai dela, Elias de 58 anos, que dirigia o veículo, também foi alvejado e está internado em estado grave. De acordo com o Setor de Homicídios da Delegacia de Mogi das Cruzes, o ex-marido da vítima é o principal suspeito.

Márcia Izidoro foi morta na frente da filha de 1 ano em Poá (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Segundo o Delegado Eduardo Boigues “O sr. Elias foi dirigindo. Quando eles pegaram a Rua Jorge Tomé, na cidade de Poá, foi parado por um veículo prata, provavelmente um Pálio. Esse Pálio encosta do outro lado do meio-fio, desce a pessoa e começa a conversar com o sr. Elias na janela do carro, chega até a cumprimentá-lo. De repente, pelas imagens que a gente tem, um pouco distantes, dá para a gente perceber o que? Que ele retorna no carro, provavelmente aí que ele pega a arma, vai lá, chega até lá, efetua um disparo na cabeça do sr. Elias, que entra dentro do carro, segura no volante, dá a volta, e acaba por efetuar outros disparos que acabam matando a mulher, a Márcia, na frente da própria filha de 1 ano.”

O ex-marido de Márcia é o principal suspeito. Câmeras de segurança da rua filmaram o rapaz se aproximando do veículo e depois atirando contra as vítimas. “Conseguimos imagens que passa o carro da vítima e o carro do autor logo atrás. É possível visualizar o acusado parando o veículo da vítima para conversar, ele desce cumprimenta e depois ele volta para o carro dele, pega a arma e vai matá-la. Ou seja, o autor é conhecido”. Afirma Boigues.

 

 


Comentários no Facebook