No Autismo, o essencial se aprende brincando

A 14ª apresentação das Crianças do PIPA mostra que o prazer da convivência é a melhor forma de tratamento ao Autismo.

Anualmente, o Projeto de Integração Pró-Autista (PIPA), filial da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo,realiza uma apresentação das atividades físicas e musicais das crianças do projeto, com a finalidade de mostrar a evolução delas no tratamento.

Aberta ao público e com o tema A Grande Descoberta – O teatro musical das Crianças do PIPA, traz nesta 14ª edição a aprendizagem do que é essencial na vida, através da apresentação dos “atores” e “cantores” mirins da instituição. O evento será no dia 06 de outubro, às 10h, no auditório da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo, na Liberdade.

Segundo Renata Cristina Abreu Dobbns, Responsável Técnica do PIPA, para se alcançar a inclusão social da criança autista, é fundamental a aprendizagem do prazer na convivência. Por isso, não se educa uma criança sem envolvimento, sem o brincar.

“Não estamos preocupados com a precisão e a perfeição. Estamos interessados em valorizar a expressão possível e única de cada criança para que ela venha a se desenvolver no seu próprio ritmo”, explica a Renata.

O PIPA, instituição de saúde especializada no tratamento ao autismo e conveniada ao SUS, promove desde 2006 a
aprendizagem em diferentes áreas para explorar e desenvolver as potencialidades de crianças entre 5 e 18 anos, favorecendo a inclusão social e profissional.

Serviço
Evento: apresentação artística A Grande Descoberta – Teatro Musical Infantil
Data: 06 de outubro (sábado)
Horário: 10h.
Local: Grande Auditório do Bunkyo – rua São Joaquim, 381 – Liberdade, São Paulo (próximo à estação São Joaquim do Metrô) – Entrada gratuita
Estacionamento (terceirizado): Rua Galvão Bueno, 540


Comentários no Facebook