Palestra com Mário Sérgio Cortella acontece na terça-feira (2/02) em Mogi

Mogi das Cruzes receberá, em 2 de fevereiro (terça-feira), o renomado palestrante Mário Sérgio Cortella. Ele estará na cidade para ministrar a palestra “A Arte de Liderar – Cinco competências essenciais”. Diante da crise financeira que vem afetando muitas empresas no País, Cortella vem para falar aos convidados sobre a importância da construção de ambientes de negócios cada vez melhores por meio do desenvolvimento de líderes e, com isso, contornar intempéries. O evento acontecerá no Centro Municipal de Formação Pedagógica (Cemforpe). Mais de 750 pessoas estão confirmadas.
O grupo Prisma, que reúne empresários do Alto Tietê, é o responsável pela organização do evento. A ideia do grupo em trazer um palestrante conceituado e conhecido nacionalmente foi para fomentar o setor com boas práticas empresariais. Segundo o próprio Cortella, a construção de ambientes de negócios saudáveis refletem diretamente em resultados mais positivos. “Liderança não é um atributo atávico, que vem conosco do nascimento; é uma atitude a ser desenvolvida a partir das atividades com as quais nos envolvemos. Liderança é, sobretudo, a capacidade de inspirar. Inspirar pessoas, ideias e projetos”. Para Cortella, ‘um líder precisa de compreensão e de práticas contínuas para libertar a mente, motivar a equipe, animar o espírito, inovar e empreender para o futuro’.
Ainda na palestra, o professor atentará sobre a necessidade de ampliar a visão do empresariado quanto à relevância da presença de líderes no ambiente de trabalho. Para ele, isso ajuda diretamente na melhora dos resultados de uma companhia. “Não se deve, claro, confundir ‘líder’ com ‘chefe’; nem sempre há coincidência na mesma pessoa. A chefia é, usualmente, uma decorrência hierárquica, a ser obedecida em função das normas e sanções. Já a liderança não tem relação exclusiva com a hierarquia, pois não se obedece, mas, se segue, se admira e se compra em seguir as orientações e inspirações”.
Biografia
Mario Sergio Cortella é paranaense, tem 61 anos, é filósofo, escritor e já foi secretário municipal de Educação de São Paulo na década de 90. Com Mestrado e Doutorado em Educação, também foi professor-titular da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) por 35 anos, da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e é professor-convidado da Fundação Dom Cabral (FDC). (Com informações da Linha Fina Assessoria de Comunicação)

Comentários no Facebook