Policia Civil de Poá e Setor de Homicídios de Itaquá prendem pedófilo

No dia 14 de outubro o pedreiro Jorge Silva Nascimento, de 58 anos, foi preso em sua residência no Jardim América, em Poá, em ação conjunta do Setor de Homicídios (SH) de Itaquaquecetuba com investigadores da Delegacia de Poá, acusado de estupro de vulnerável. Jorge Silva Nascimento é apontado como autor do abuso sexual de três crianças, duas meninas e um menino, de 8, 6 e 4 anos, que são filhos de um vizinho dele.

O delegado Eduardo Boigues Queroz, titular do Setor de Homicídios de Itaquaquecetuba, concedeu entrevista coletiva à imprensa, onde explicou o caso. De acordo com o delegado, quando uma tia das crianças desconfiou do comportamento de uma das meninas e resolveu conversar com ela. Foi quando a criança teria contado detalhes do que acontecia com ela e os irmãos, dentro da residência do vizinho da frente e antigo amigo do pai. A tia procurou o delegado Boigues e contou o que soube. As crianças foram ouvidas e confirmaram os fatos com riqueza de detalhes.

Com um mandado de prisão temporária de 30 dias, expedido pela Justiça, as equipes do Setor de Homicídios de Itaquá e do Distrito Policial de Poá foram até o endereço, onde localizaram o homem na casa dele. Indagado sobre se dava algum dinheiro para os menores ou se costumava assistir filmes pornográficos com eles, para que “imitassem os atores”, segundo relato das próprias vítimas, o suspeito negou. Entretanto, ao ligarem o DVD e a TV da residência, os policiais civis logo se depararam com um filme do tipo.

Os policiais perguntaram ainda onde estava a cinta com que ele batia nas pernas das crianças, ameaçando-as para que não contassem nada a ninguém, o homem negou. Mas, uma cinta, bem como um facão – que ele também usava nas ameaças -, foram localizados em cima de um guarda-roupa. “O acusado possui filhos e netos, mas morava só com a esposa, que está viajando. O acusado era amigo e frequentava a casa do pai das vítimas.


Comentários no Facebook