Prefeitura de Itaquá abre 105 vagas para oficinas de maquiagem e depilação

Foto: Antônio Márcio

A Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social abrirá na próxima semana (dias 25 e 29 de julho) as inscrições para as oficinas profissionalizantes de maquiagem e depilação oferecidas pelo projeto “Casa Aberta para Juventude e Adultos”. Para preencher uma das vagas 105 vagas disponíveis, basta ser morador ou moradora do município e ter idade mínima de 16 anos. A capacitação é totalmente gratuita.

As inscrições devem ser feitas na Casa Aberta, que fica na Avenida Ítalo Adami, 2480 – Rancho Grande. Os interessados deverão comparecer ao local indicado (a partir das 7 horas) munidos de cópias do RG, CPF e de um comprovante de residência.

A metodologia de todos os cursos da Casa Aberta conta 80% de aulas práticas. Haverá turmas para os três períodos: manhã, tarde e noite.

No dia 25 de julho (segunda-feira) serão abertas as inscrições para a oficina de depilação, ministradas em dois períodos (manhã e noite) e que possui duração de três meses.

Já no dia 29 é a vez dos interessados em se tornar maquiadores se inscreverem para as turmas do período da manhã e da tarde deste curso. A capacitação é feita durante dois meses.

As aulas terão início na primeira semana de agosto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4647-5165.

FORMATURA – Na última semana, a Casa Aberta realizou a formatura de 600 alunos que concluíram a capacitação das oficinas de corte e costura, manicure, depilação, cabeleireiro e barbearia, maquiagem, panificação, pintura em tela e pintura em tecido do primeiro semestre deste ano. A expectativa é formar 1.200 alunos até o final do ano.

A Casa Aberta trabalha com projetos sociais que tem como objetivo oferecer gratuitamente oficinas pré-profissionalizantes para pessoas de baixa renda residentes em Itaquaquecetuba.

No final de cada curso, os alunos recebem um certificado e estão aptos a exercerem o ofício ao qual se dedicaram. O projeto propicia ainda, a possibilidade dessas pessoas se tornarem empreendedoras, fazendo com que elas gerem a própria renda, criem vagas de emprego, e consequentemente contribuam com o crescimento da economia local. (Com informações da Assessoria de Imprensa da PMI)


Comentários no Facebook