Prefeitura de Itaquaquecetuba usa redes sociais para divulgar partido político

As tarjas pretas foram colocadas para manter nossa fonte em anonimato.

Denuncia feita por um internauta e apurada pelo Portal Região em Contexto, mostrou que em novembro de 2015 enquanto acontecia a greve dos caminhoneiros, a Página Oficial da Secretaria Municipal de Educação e Tecnologia de Itaquaquecetuba, Semecti (https://www.facebook.com/semecti/) fez uma publicação divulgando o site do PPS (Partido Popular Socialista) onde havia uma matéria referente ao Líder deste partido na Câmara dos Deputados. A matéria citada não era relacionada ao assunto da Página (Educação Municipal), mas mencionava o seguinte “Líder do PPS apresenta projeto para anistiar caminhoneiros de multa imposta por Dilma” (http://www.pps.org.br/2015/11/12/lider-do-pps-apresenta-projeto-para-anistiar-caminhoneiros-de-multa-imposta-por-dilma/).

O Portal Região em Contexto entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Semecti questionando qual motivação da Semecti em publicar uma matéria partidária que não tem vínculo com o objetivo da Página e qual critério da Semecti em realizar esse tipo de publicação onde se destaca o assunto da “greve de caminhoneiros” que também não possuía vínculo com nenhum Projeto/Programa da Secretaria.

Em resposta a Assessoria de Imprensa disse que ” Nós não publicamos matérias partidárias em nosso face ou site. As matérias autorizadas para serem publicadas tanto no site quanto no face são de projetos, programas e trabalhos realizados pelas escolas municipais ou pela Semecti.” Ao final do e-mail disse que iria averiguar a denuncia.

Atualmente o PPS compõe o Governo Mamoru Nakashima (PSDB) ocupando a Secretaria Municipal de Abastecimento e Segurança Alimentar.

Screenshot_2015-11-16-16-11-13

 


Comentários no Facebook