SOS Consulta amplia rede de atuação para a região do ABCD paulista, Guarulhos, Jacareí, Itaquaquecetuba e Poá

Mesmo com a crise econômica e instabilidade política no país, a SOS Consulta, empresa criada com o objetivo de oferecer à população serviços de saúde, com qualidade, agilidade no agendamento, preços acessíveis e facilidade de pagamento, amplia sua rede de atendimento e credenciamento de clínicas e laboratórios de medicina diagnóstica na região do ABCD paulista, Guarulhos, Itaquaquecetuba e Poá.

Atualmente, já estão credenciadas 33 clínicas, 482 médicos e cinco laboratórios de medicina diagnóstica de sete municípios, entre eles estão: Barueri, Carapicuíba, Itapevi e Osasco.

Para isso, sua atuação está inserida em um site de serviços, que inclui agendamento: de consultas, de exames e de tratamentos, sem pagamento de mensalidade, sem carência, sem exclusões e sem limite de idades. A rede está preparada para atender mais de 5% dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) da região, o que corresponde a 88.700 pacientes.

De acordo com Vanderlei Lugão, diretor executivo da SOS Consulta, “estamos consolidando a rede em Osasco e Região e já iniciamos o credenciamento de clínicas, laboratórios e consultórios no ABCD, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá e Jacareí. O nosso próximo passo é atingir a Baixada Santista. Além disso, iniciamos uma grande campanha digital de links patrocinados e uma ação de abordagem de passageiros das linhas da CPTM, com entrega de folhetos e brindes”.

“Nossa expectativa é tornar o SOS Consulta mais conhecido pelo público em geral, como uma terceira via, que as pessoas podem escolher, quando estão descontentes com SUS e com os convênios. Esperamos que os médicos adotem o SOS Consulta como um parceiro para tornar a prática da medicina mais prazerosa e humana. A estrutura está montada e queremos a plena utilização dela para iniciar a implantação de novos serviços”, acrescenta Rogério Aleixo, diretor executivo da SOS Consulta.

A empresa surgiu em um mercado onde o médico e as clínicas vêm sendo pressionados pelos planos de saúde, que pagam muito pouco pelo atendimento e que restringem cada vez mais os participantes do sistema privado.

Para facilitar o acesso, a plataforma está de acordo com uma das principais tendências da atualidade: a mobilidade. O serviço online pode ser acessado tanto em computadores, como em celulares e tablets.

Os valores das consultas e exames são baseados na Tabela de Honorários AMB (Associação Médica Brasileira).

Mais informações pelo site: www.sosconsulta.com.br


Comentários no Facebook