Trânsito em Itaquaquecetuba: Confusão e promessas não cumpridas

Trânsito, falta de sinalização, nenhum planejamento, falta de incentivo ao transporte alternativo (bicicletas) são problemas cotidianos na cidade

Itaquaquecetuba é um município que cresce a cada dia, infelizmente esse crescimento vem acontecendo de forma desordenada e sem planejamento algum. Reflexo disso pode ser observado no cotidiano de nossa cidade com o trânsito caótico que temos.

Em sondagem feita pelo Portal Região em Contexto nas redes sociais depois da Saúde o maior problema apontado pelos internautas são as condições do trânsito e do transporte público municipal.

Coincidentemente a um ano atrás, o Jornal Contraponto entrevistou o secretário municipal de Transportes Dalton Luiz Dename que apresentou diversas propostas e soluções para o trânsito na cidade. Até o momento nada se concretizou.

O Portal Região em Contexto entrou em contato por e-mail com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba na última quarta-feira (20/08) para esclarecer diversas questões referentes ao trânsito na cidade, até o fechamento desta Edição não houve nenhuma resposta.

Projetos para mobilidade urbana em parceria com o Governo Federal

Uma das promessas apresentadas pelo secretário municipal de Transportes Dalton Luiz Dename foi a de buscar parcerias com o Governo Federal apresentando projetos de mobilidade urbana para Itaquaquecetuba. Até o o momento nada foi feito e nenhum projeto foi efetivado.

Implantação das ciclofaixas

Um ano atrás Dalton prometeu que todas as faixas preferenciais de ônibus seriam alteradas e a grande novidade seria a implantação de ciclofaixas. Nada se concretizou. Os ciclistas continuam correndo risco de vida ao pedalarem nas vias da cidade.

Plano de Mobilidade Urbana

Todas as cidades com mais de 20 mil habitantes devem elaborar um Plano de Mobilidade Urbana (PMU) até 2015. Até o momento a prefeitura de Itaquaquecetuba não elaborou o seu. Se os projetos não estiverem prontos até 2015, os municípios correm o risco de ficarem sem verba para a mobilidade urbana.

Mudança repentina de pontos de ônibus

Estamos vendo a instalação de coberturas nos pontos de ônibus da cidade, algo positivo, mas também observamos a alteração de pontos de ônibus sem prévio aviso aos moradores causando enorme confusão. Um exemplo aconteceu na Rua João Vagnotti que possuía dois pontos de ônibus e hoje funciona apenas um ponto e sua mudança foi feita sem nenhum comunicado prévio tendo como sinalização um único cartaz improvisado.

Placas de Sinalização

Itaquaquecetuba possui um enorme déficit de placas de sinalização. Faltam placas de trânsito, mas essencialmente faltam placas nas principais vias com os nomes de cada rua. Se alguém de fora da cidade está procurando algum local especifico não vai acha-lo se depender das poucas placas existentes.

O trânsito vem “travando” o centro da cidade mas também trava centros comerciais como o Jardim Odete, Parque Piratininga e Jardim Caiuby. Um dos problemas também apontados é justamente as “experiências” da secretaria de Transportes que testam diversas formas de melhorar o trânsito mas que conseguem atrapalhar ainda mais e consequentemente atrapalhar o cotidiano de centenas de pessoas.


Comentários no Facebook