Travestis denunciam transfobia no Veran Supermercados em Itaquaquecetuba

Ghe Santos

Desde sua fundação, há pouco mais de um ano o Veran Supermercados de Itaquaquecetuba, na Praça Padre João Alvares, tem feito parte do cotidiano dos itaquaquecetubenses. A unidade conta com uma área de lojas internas e em um dos pisos conta também com uma unidade do Poupatempo.

Bom, né? Poderia até ser, se não fosse um fato acontecido no dia 08 de dezembro quando duas travestis que tinham ido a loja franqueada da TIM Celular S.A. localizada em um dos pisos do supermercado foram vítimas de transfobia.

Após saírem da loja fizeram uso do sanitário feminino (de acordo com sua identidade de gênero). Quando se preparavam para sair ouviram uma voz masculina que gritava de fora:

– “Se tiver homem ai pode ir saindo!”
E fazendo coro a esta voz uma “senhora” responsável pela limpeza completa:
– “Vai saindo! O banheiro masculino é do outro lado!”

Tudo isso aos gritos que constrangeu e expôs a todas(os) presentes na área externa de compras do mercado.

Fato que fere a Lei Estadual 10.948/01 – de combate à homotransfobia – chegou ao conhecimento do Ativista de Direitos Humanos e Militante LGBT, Ghe Santos, através da Ana Roberta que presenciou o ocorrido e orientou as travestis a procurarem seus direitos, acompanhando Tifany Fane Eskavinato e Marynara Mondress até a Delegacia Central de Itaquaquecetuba para elaboração do Boletim de Ocorrência.

Recebidas na Sala Rosa e garantindo respeito a identidade de gênero, inclusive o respeito ao uso do nome social, o caso será acompanhado pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo – Unidade Itaquaquecetuba.

11232914_757251481084920_8040156062217425933_o


Comentários no Facebook