UPA 24 horas é inaugurada em Mogi das Cruzes

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), acompanhado pela presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Mara Bertaiolli, entregou, na manhã deste sábado (24/10), a primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Mogi das Cruzes, instalada no bairro do Rodeio. Este é o 60º equipamento de saúde da cidade e recebeu o nome do médico mogiano, dr. Manoel Maisetti Salgado. A unidade atenderá cerca de 50 mil pessoas, de todo o distrito de Cézar de Souza e diversos outros bairros da região. Os exames de análises clínicas serão feitos por meio da parceria entre a Administração Municipal e o Hospital Albert Einstein. A solenidade contou com a presença de autoridades municipais e da população, que compareceu em peso à inauguração.

Este é mais um grande avanço do Sistema Integrado de Saúde – SIS da Prefeitura de Mogi das Cruzes, que há um ano passou a contar com o Hospital Municipal de Mogi das Cruzes. A UPA entra em operação no próximo sábado, dia 31 de outubro, a partir das 7 horas. Nesta semana, os funcionários participarão de treinamentos e os ambientes serão totalmente higienizados. “A UPA atuará em regime de 24 horas. É uma unidade hospitalar que traz a segurança de um atendimento de qualidade para quem busca atendimento de urgência e emergência. Ela passa a integrar o SIS e irá desafogar o pronto socorro da Santa Casa e do Hospital Luzia de Pinho Melo”, disse o chefe do executivo.

O equipamento tem a capacidade de realizar até 6 mil atendimentos por mês. A unidade funciona como um grande Pronto Socorro, com equipamentos de ponta, medicamentos de alto custo e profissionais especializados. Serão 238 funcionários. Entre os médicos, serão quatro profissionais durante o dia, sendo que um deles atuará exclusivamente na entrada de emergências e na observação. A administração será da Fundação ABC. “Quero parabenizar todos os funcionários, que tem a missão de salvar vidas. A partir do dia 31 de outubro, todos estarão preparados para atender qualquer caso de urgência ou emergência”, disse. Para garantir o socorro imediato dos casos mais graves, a UPA possui duas entradas. A primeira com uma recepção tradicional e a segunda para entrada de emergências.

Este é o 60º equipamento de saúde entregue na cidade. Em sete anos, a cidade passou de 33 para 60 equipamentos. Outros seis estão em obras. “A saúde não é uma obra acabada. É um trabalho de todo dia, de melhora contínua para que a população tenha uma saúde cada vez melhor. Nosso trabalho é planejado, sabemos onde queremos chegar e o que precisamos fazer. Em 2016, chegaremos a dobro de unidades que tínhamos em 2009”, disse o prefeito. A segunda UPA está localizada na Avenida Kaoru Hiramatsu e as obras já começaram. O investimento é de R$ 3,850 milhões.

A solenidade contou ainda com uma homenagem ao patrono, dr. Manoel Maisetti Salgado. Sua esposa Vera Helena de Oliveira Salgado representou a família e agradeceu a escolha do nome do médico para a unidade. “Era um grande amigo, juntos fundamos o Rotary Clube de Moig das Cruzes Oeste, que completará 50 anos em 2016. Era um homem honrado que irá inspirar os que irão trabalhar nesta unidade”, disse o vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira. A benção do novo equipamento foi feita pelo bispo Dom Pedro Luiz Stringhini. Participaram da inauguração, os deputados estaduais Marcos Damásio, Luiz Carlos Gondim e André do Prado e o ex-deputado federal Junji Abe. Falaram em nom da Câmara Municipal, o presidente Antonio Lino e o vereador Chico Bezerra.

Sobre a nova unidade
A nova unidade funcionará 24 horas por dia, inclusive sábados, domingos e feriados, para atender casos de urgência e emergência para crianças e adultos, como paradas cardíacas, derrames, fraturas, quedas graves, febre alta, entre outros problemas que exijam atendimento rápido, eficiente e com resolutividade. Possui 1,3 mil metros quadrados (m2) de construção e foi erguida numa área de 3,5 mil m2 localizada lado da unidade mogiana da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) e do Ginásio Municipal de Paradesporto.

O investimento na construção foi de R$ 2,7 milhões, sendo R$ 1,4 milhão repassados pelo Governo Federal e R$ 1,3 milhão investidos pela própria Prefeitura de Mogi das Cruzes.  Os mobiliários e equipamentos custaram mais R$ 1 milhão, totalizando um investimento de R$ 3,7 milhões. O custeio mensal da nova UPA está estimado em R$ 1.028.000,00, sendo que o Governo Federal deverá repassar R$ 150 mil/mês, a partir da habilitação, podendo chegar a até R$ 300 mil/mês com a possível qualificação da unidade, o que poderá levar alguns meses.

Entre as principais instalações estão áreas para Pronto Atendimento, Apoio Diagnóstico e Terapia, Urgência, Observação, Apoio Administrativo e Apoio Técnico/Logístico. Conta com três consultórios, nove leitos (sendo dois pediátricos e 1 de isolamento), distribuídos em uma ampla sala de observação para até 24 horas de permanência. Entre os equipamentos estão carrinhos de emergência, desfibriladores, detectores fetais, eletrocardiógrafos, monitores de parâmetros fisiológicos, ressuscitadores, ventiladores e equipamento de raio-x. (Com informações da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes)


Comentários no Facebook