Vereador Silvani afirma “Precisamos de uma Casa de Leis Independente”

De acordo com o vereador, a Câmara Municipal deve cumprir seu papel fiscalizador e fiscalizar o Prefeito para que a cidade seja bem administrada

Marcello Barbosa

Após a Sessão Extraordinária que elegeu a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba, nossa reportagem conversou com o vereador Silvani de Paula (PR) que durante a Sessão usou de seu voto à Presidência da Câmara como uma forma de protesto.

De acordo com Silvani de Paula (PR) “Precisamos de uma Casa de Leis independente, que fiscalize o Prefeito, para que ele possa administrar bem para a população”. Silvani comentou que não votou no Vereador Wilson Pirata (PTN) não por uma questão pessoal, mas por uma questão política de acreditar que é ruim para a independência do Poder Legislativo o Presidente pertencer ao mesmo partido do Prefeito.

Veja bem, já se passaram dois anos e o atual Prefeito não para de repetir que não tem dinheiro, ou seja até quando a culpa da cidade estar parada vai ser a falta de caixa? Quem sofre com isso é a população que está pisando no barro para ir trabalhar, que está vendo sua cidade ficar mais feia.” Afirmou Silvani.

O vereador comenta que não acredita em grandes mudanças na Câmara Municipal neste próximo biênio, de acordo com ele, será a continuidade da atual Mesa Diretora. Ele lembra a CEI (Comissão Especial de Inquérito) dos Transportes que ele foi presidente, mesmo a Comissão apontando em seus relatórios diversas falhas e ilegalidades no transporte público, o Prefeito Mamoru Nakashima (PTN) não deu continuidade em fazer que a CS Brasil cumpra clausulas contratuais que hoje são desrespeitadas.

Silvani comenta que para ele os próximos anos na Câmara serão dificeis para ele, por ser vereador de oposição sabe que poderá ter dificuldades em aprovar projetos e Requerimentos.


Comentários no Facebook